Geni é uma revista virtual independente sobre gênero, sexualidade e temas afins. Ela é pensada e editada por um coletivo de jornalistas, acadêmicxs, pesquisadorxs, artistas e militantes. Geni nasce do compromisso com valores libertários e com a luta pela igualdade e pela diferença. ISSN 2358-2618

T

, , , , , , , ,

Cursinho Popular Transformação

Download PDF

Formação do projeto e o primeiro semestre de atividades  voltadas à população T. Por Coletivo Transformação

 

Publicado em 01/02/2016

 

 

 

2 (1)

 

 

A ideia de construir o Cursinho Popular Transformação surgiu após diversos debates, sob uma perspectiva crítica e aliada ao movimento social, em torno da invisibilidade da população de Travestis e Transexuais na sociedade.

 

Foi em janeiro de 2015, no III Curso de Formação Política LGBT, realizado pela Setorial LGBT da Federação Nacional de Estudantes de Direito e a Frente LGBT da PUC-SP, que estudantes de diferentes cursos de São Paulo, Franca, Rio de Janeiro e Curitiba debateram em conjunto com nomes como Daniela Andrade, Jaqueline Gomes de Jesus, João W. Nery, Indianara Felix, e tantas outras pessoas, questões como a Transmisoginia; Homens Trans e o Feminismo; e a Criminalização das LGBTfobias.

 

Nestes debates, recorrentemente falamos sobre a marginalização a que a população T é submetida pela nossa sociedade, em especial, no que tange ao acesso e permanência a espaços de educação e socialização, o que gera, consequentemente, a ausência de pessoas travestis e transexuais no mercado de trabalho formal, nas escolas, Universidades e em outros espaços públicos.

 

Vimos, assim, o quão necessária e importante é a existência de espaços de educação que acolham e são construídos com a participação de pessoas T. Partindo do pressuposto de subverter a lógica de uma educação  padronizada, não empoderadora e despreparada à inclusão e respeito às diferenças, nos atemos a um projeto de Cursinho Popular.

 

Nosso trabalho se iniciou com pesquisas e consultas em locais de acolhimento LGBT, centros de referência, conversas com militantes do movimento de Travestis e Transexuais, da Frente de Cursinhos Populares de São Paulo e pessoas da área de educação. Tudo para que pudéssemos compreender ainda melhor a realidade da maioria das pessoas T, as violências especificas a que são submetidxs e quais alternativas, dentro desse espectro da educação, poderíamos encontrar. Diante das particularidades do público que precisávamos atingir, o ENEM, nesse primeiro momento e apesar de suas inúmeras problemáticas, é uma alternativa real de transformação na realidade. Definimos também que as aulas, oficinas e atividades extras do Cursinho aconteceriam em horários alternativos.

 

formação1   

I Formação Política de Professorxs

 

 

Em seguida, ao mapear espaços físicos, entramos em contato com o Centro de Referência e Defesa da Diversidade (CRD), no centro de São Paulo. Após algumas conversas e reuniões, fechamos a parceria para utilizar, durante o segundo semestre de 2015, o espaço às quintas feiras e.  fortalecer o trabalho de alfabetização, aos sábados.

 

***

 

 

Gênesis

 
O amor me fere debaixo do braço
Assim como a Eva
Minha mulher transformada
Levou minhas costelas
Meu dinheiro
Minha alma

R. (08/10/2015)

 

poesia 1 | poesia 2 | poesia 3 poesia 4 | poesia 5 | poesia 6

Trabalhos da atividade de Leitura e escrita de Poesia

 

 

 

O cursinho é um lugar onde não precisei me preocupar com estigmas, julgamentos e discriminação por parte de professores e alunos, além do conteúdo produtivo e útil que foi ensinado, tive oportunidade de desenvolver mais empatia e ter contato com pessoas que tem historias de vida  diferentes da minha. O método de ensino também questiona o modelo atual, através de debates e conversas, onde pude esclarecer dúvidas e ganhar conhecimento. Foi a melhor coisa que aconteceu em 2015 pra mim.

Amanda M. Paschoal (aluna do cursinho)

 

 

auto retrato 2 | auto retrato 1

Atividade do Auto retrato

 

 

 

12339476_184048078608305_8655837968068337599_o | 12309807_184049051941541_5204637233665270356_o12322643_184048695274910_4970848377071236105_o

O TRANSarau encerrou, no dia 04 de dezembro na Praça Roosevelt, o primeiro semestre de atividades do Cursinho. A programação contou com varal de poesias, poetes convidades, microfone aberto e performance.

 

 

 

A concretização desse projeto e a formação da primeira turma piloto de estudantes travestis e transexuais é extremamente gratificante. Temos a plena consciência de que muito aprendemos e ainda aprenderemos com esse processo de construção coletiva!

 

Obrigada pelo apoio e oportunidade de divulgar nossa experiência  Esperamos que o trabalho continue esse ano e é  importante reforçar que precisamos de apoio financeiro para que seja possível a ampliação do projeto.

 

Desejamos que muitas e muitas pessoas travestis e transexuais possam se empoderar e encontrar, também nesse espaço, aquilo que nossa sociedade hipócrita e intolerante teima em lhes negar: direitos.

 

Por uma Educação emancipadora, inclusiva e acessível!

 

 

 

 

 

Coletivo Transformação pode ser contatado pela página no Facebook.

 

 

 

Ilustração: Emilia Santos

Fotos Transarau: Daniel Lima

Fotos de atividades: retiradas do facebook do Cursinho Popular Transformação.

 

 

 

 

 

 

 

, , , , , , , ,
 

HTML permitido: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>