Geni é uma revista virtual independente sobre gênero, sexualidade e temas afins. Ela é pensada e editada por um coletivo de jornalistas, acadêmicxs, pesquisadorxs, artistas e militantes. Geni nasce do compromisso com valores libertários e com a luta pela igualdade e pela diferença. ISSN 2358-2618

arte

, , , , ,

Crew Punga

Download PDF

Positivamos nossos corpos vulneráveis, sensíveis, sensuais e criativos como mais uma forma de expressão e de inserção, buscando alternativas contra a violência que sofremos na rua pelo machismo.

 

 

10350445_385044921653611_2990206746529036517_n

 

 

A Crew Punga surgiu em meados de 2014, na cidade de São Paulo e é formada por Ana Lu, Carolzinha, Magê, Roberta e Qel, moradoras de diferentes regiões da capital. Algumas de nós já éramos amigas e pintávamos juntas, posteriormente nos encontramos nas reuniões do coletivo Ocupe os Muros – composto por diversos artistas (homens e mulheres), criado a partir da necessidade de debater o movimento do graffiti e de pensar políticas públicas alternativas para a cidade de São Paulo.

Foi nesse espaço que nos percebemos como minoria feminina dentre os envolvidos. Além da identificação de ideias e das vivências de trabalho que realizamos pela cidade, o graffiti foi a forma de expressão em comum que nos uniu para iniciar uma pesquisa mais aprofundada da atuação das mulheres nos muros.

Nossa forma de pensar a questão de gênero pedagogicamente envolve a consciência das sutilezas do aprendizado da mulher na cena do graffiti, muitas vezes marginalizado em um espaço predominantemente masculino.

 

2015-03-01-21-27-48-1

 

Essa preocupação tem norteado a nossa prática de criar um ambiente acolhedor onde nos sintamos à vontade para aprender sem pressões, junto com outras mulheres.

A lógica territorialista, fálica, que sempre balizou o movimento, coloca diante de nós uma problematização que acolha outras maneiras de existir nos espaços  em que transitamos. Positivamos nossos corpos vulneráveis, sensíveis, sensuais e criativos como mais uma forma de expressão e de inserção, buscando alternativas contra a violência que sofremos na rua pelo machismo, pela fragilização do corpo da mulher e a alienação de seus desejos e de sua imagem.

Muitas mulheres desistem cotidianamente do trabalho artístico por terem que assumir o papel de “cuidadoras” de casa e dos filhos. Desejamos tornar pública essa voz, trocar com as mulheres que também vivenciam essas contradições, para que juntas consigamos construir cada vez mais espaços em que estejamos à vontade para aprender, pintar na rua, encontrar nossa expressividade e dar continuidade ao nosso trabalho

Pretendemos ser mais uma parte dessa grande história que buscamos construir junto a outras iniciativas que fortalecem os processos de empoderamento da mulher.

 

 

graffiti_3

 

 

 

 

 

MAIS INFORMAÇÕES:

Punga Crew

 

, , , , ,
 

HTML permitido: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>