Geni é uma revista virtual independente sobre gênero, sexualidade e temas afins. Ela é pensada e editada por um coletivo de jornalistas, acadêmicxs, pesquisadorxs, artistas e militantes. Geni nasce do compromisso com valores libertários e com a luta pela igualdade e pela diferença. ISSN 2358-2618
xuxu 2

Meta-instrumental

Instrumental na prática

Uma coluna da Geni transformada em oficina. Por Thiago Fonseca

instrumental

Androcentrismo e ficção científica

Nosso verbete do mês brotando do longa brasileiro “Branco sai, preto fica”, de Adirley Queirós. Por Lia Urbini

instrumental

Pensando a representação política

Que sonhos (e pesadelos) cabem nas urnas? Por Lia Urbini.

instrumental

Billy Elliot e os “novos movimentos sociais”

Quando a sociologia oficial encontra Hollywood. Por Lia Urbini

instrumental

O patriarcalismo e seus outros

Dando nome aos bois, às vacas e a toda a arca. Por Lia Urbini

instrumental

Modos de produção do preconceito

As relações entre política, economia, gênero e sexualidade. Por Lia Urbini

instrumental

Por um marxismo queer da periferia – Parte 3

Centro, periferia e o mito da democracia racial. Por Lia Urbini

instrumental

Afinal de contas, a gente nasce heterossexual?

Sobre ex-gays, ex-héteros e ex-héteros que voltam a ser héteros. Por Lindberg Filho

instrumental

Puta, santa, livre

Uma breve história do feminismo abolicionista e de sua cruzada contra a prostituição. Por Marcos Visnadi

instrumental

Por um marxismo queer da periferia – Parte 2

No segundo encontro da série, os momentos da construção dos conceitos de “sexo” e “gênero”. Por Lia Urbini

instrumental

Por um marxismo queer da periferia

Sete encontros para um programa. Este mês: “O lugar do conhecimento”. Por Lia Urbini