Geni é uma revista virtual independente sobre gênero, sexualidade e temas afins. Ela é pensada e editada por um coletivo de jornalistas, acadêmicxs, pesquisadorxs, artistas e militantes. Geni nasce do compromisso com valores libertários e com a luta pela igualdade e pela diferença. ISSN 2358-2618
xuxu 2

editorial

Fim de festa da democracia

As eleições passaram, mas a ressaca ficou

entrevista

A página quase em branco

Jaime Parada, um dos políticos gays mais atuantes do Chile e primeiro vereador LGBT eleito no país, analisa os obstáculos dos direitos sexuais na política latino-americana. Por Victor Farinelli, de Santiago

perfil

De quem é esta efígie?

Conhecendo a Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional. Por Marcos Visnadi

geni no mundo

Quem defende a criança queer?

A ideia de ‘criança-a-ser-protegida’ permite ao adulto naturalizar a norma heterossexual. Por Beatriz Preciado

geni no mundo

Precisamos de mais personagens bissexuais na TV

A televisão estadunidense e o apagamento bi. Por Eliel Cruz

acadêmicxs

Nada de novo no front

 Como a pouca diversidade de trajetórias políticas reproduz e perpetua a exclusão das mulheres (e de outros grupos) no executivo brasileiro. Por Andrea Azevedo

infância

Direito de resposta

Pela criança que fomos, pelo amor que reivindicamos. Por Cícero Oliveira

instrumental

Pensando a representação política

Que sonhos (e pesadelos) cabem nas urnas? Por Lia Urbini.

coluna

TURMINHA DA GENI | Precisamos fazer alguma coisa!

A turminha resolve se unir para enfrentar o bullying uó! Por Alciana Paulino, Bruno O., Cícero Oliveira, Emilia Santos e Pedro “Pepa” Silva

eleições

Como mudar os rumos da política nacional?

A trejetória da campanha #VoteLGBT nas eleições de 2014. Por Giovana Bonamim, Gui Mohallem e Marcos Visnadi

cinema

Imagens subversivas e resistentes

Sobre Fronteira, o festival, e uma conversa com Abigail Child. Por Sophia Pinheiro

geni no mundo

Colômbia à beira

Relatos da Colômbia. Por Juliana Bittencourt, da Caravana Climática

acadêmicxs

Foucault e Butler por olhares adolescentes

Reflexões sobre norma, poder e subjetivação. Por Giulia Garcia, Juliana Pedroso e Nathalia Domingues

coluna

FARÓIS ACESOS | A humanidade toma Activia demais

A humanidade devia parar de tomar Activia, porque o mundo já não tem mais onde guardar tanta merda. Por Neusa Sueli

coluna

FOLHETIM | #8

“Estás a gostar de Portugal?” “Muito!”. Por Cecília Silveira