Geni é uma revista virtual independente sobre gênero, sexualidade e temas afins. Ela é pensada e editada por um coletivo de jornalistas, acadêmicxs, pesquisadorxs, artistas e militantes. Geni nasce do compromisso com valores libertários e com a luta pela igualdade e pela diferença. ISSN 2358-2618
xuxu 2

teatro

Capulanas Cia. de Arte Negra

Protagonismo feminino na arte negra contemporânea. Por Adriana Paixão

mídia & feminismo negro

Mulheres negras entre a mídia e a militância

Reflexões do cotidiano. Por Thiane Neves Barros, do Blogueiras Negras

geni no mundo

Prisioneirxs políticxs, prisões e libertação negra

Traduzimos um texto de 1971 da lendária Pantera Negra Angela Davis

coluna

PEGA NO MEU POWER | Os homens que odiavam crianças pretas

Se não fosse meu filho. O senhor ia fazer o que? Por Sueli Feliziani

coluna

PEGA NO MEU POWER | A mulher preta e a universidade

Ser negro e entrar pra um curso superior é se preparar todos os dias para ouvir que ali não é o seu lugar. Por Sueli Felizani

coluna

PEGA NO MEU POWER | Os filhos das senhoras dos pássaros

Pelo fim do massacre da juventude negra. Por Sueli Feliziani

editorial

A nossa luta é todo dia

Contra o racismo, o machismo e a homofobia

entrevista

Um poema com muita pele

As armas e a poesia de Miriam Alves, escritora que há 30 anos produz literatura negra do Brasil para o mundo. Por Carolina Menegatti, Gui Mohallem e Marcos Visnadi

memória

Irmãos e irmãs revolucionárixs

Quando o Partido Pantera Negra, dos Estados Unidos, se uniu às feministas e aos gays. Por Marcos Visnadi

música

Rap é compromisso

Resistência periférica como sintoma do fracasso nacional. Por Acauam Oliveira

instrumental

Por um marxismo queer da periferia – Parte 3

Centro, periferia e o mito da democracia racial. Por Lia Urbini