Geni é uma revista virtual independente sobre gênero, sexualidade e temas afins. Ela é pensada e editada por um coletivo de jornalistas, acadêmicxs, pesquisadorxs, artistas e militantes. Geni nasce do compromisso com valores libertários e com a luta pela igualdade e pela diferença. ISSN 2358-2618
xuxu 2

editorial

Matou a família e foi ler a Geni

Meninx ou meninx, o amor é o mesmo

acadêmicxs

Pra mandar um salve

Algumas notas sobre gênero, família e mulheres na prisão. Por Natália Bouças do Lago

perfil

A identidade mutante de Effy Mia

Com a sua morte, a militância transfeminista perde uma voz iconoclasta. Por Clara Lobo, de Buenos Aires

comportamento

Efeito colateral da ejaculação

Notas sobre a paternidade no patriarcado. Por Guilherme Leite Cunha

geni no mundo

Diálogos e silêncios

Relato sobre as reuniões de uma associação para pais de LGBTs na cidade do Porto, em Portugal. Por Lauren Zeytounlian

coluna

À FLOR DA PELE |“Parabéns, vai ser menino!” – só que não

Acertando as contas com o médico. Por Amanda Palha

geni no mundo

Os refugiados sírios homossexuais lutam para sobreviver no Líbano

Testemunhos da dupla discriminação. Por Khairunissa Dhala  

relato

Transfobia em um estabelecimento do CREAS

O longo caminho que uma travesti percorre para ser atendida por um serviço da assistência social. Por Alexandre Espósito, acompanhado do artigo “Família, proteção social e capitalismo” de Lia Urbini

coluna

FARÓIS ACESOS │ Crítica da falta de noção impura

Ridículos: vocês são r-i-d-í-c-u-l-o-s. Apenas. Alguém pare esse ventilador porque eu simplesmente não aguento mais tanta merda. Por Neusa Sueli

coluna

FOLHETIM | #3

Perdi o fôlego em pleno mergulho. Por Cecilia Silveira