Geni é uma revista virtual independente sobre gênero, sexualidade e temas afins. Ela é pensada e editada por um coletivo de jornalistas, acadêmicxs, pesquisadorxs, artistas e militantes. Geni nasce do compromisso com valores libertários e com a luta pela igualdade e pela diferença. ISSN 2358-2618
xuxu 2

editorial

As potências do corpo

Quebrar as gaiolas para poder voar e cantar

entrevista

Erotismo é criação

Os limites do corpo e o desejo sem limites numa conversa com Eliane Robert Moraes, professora da USP especialista em literatura erótica e na obra do Marquês de Sade. Por Gui Mohallem, Marcos Visnadi e Pedro “Pepa” Silva

perfil

O rubi espalhado

A identidade prismática do cantor português António Variações. Por Júlia de Carvalho Hansen

instrumental

Puta, santa, livre

Uma breve história do feminismo abolicionista e de sua cruzada contra a prostituição. Por Marcos Visnadi

geni no mundo

Uma praça, quatro dias, 154 mulheres violentadas

Que horrores se escondem na praça Tahrir? Perguntamos a Amal Elmohandes, diretora da Nazra para Estudos Feministas, do Egito. Por Clara Lobo

literatura

35 livros para uma biblioteca erótica

Um guia de literatura erótica em edições nacionais. Por Eliane Robert Moraes

memória

Para ele, para ela

Quando as revistas ficaram reféns da separação rígida entre gêneros. Por Pedro “Pepa” Silva

fotografia

Sex party

As coisas que acontecem entre dois andares. Por Gui Mohallem

resenha

Movimentos de Um corpo que cai (Vertigo), de Hitchcock

O corpo do ator Tom Helmore não relaxa. As pernas estão rígidas e fechadas. Por Bernardo RB

geni no mundo

Propaganda gay soviética

A homofobia do governo da Rússia atingirá os museus? Por Cecilia Rosas

cinema

Hollywood só para homens

A objetificação da mulher no cinema estadunidense. Por Clara Lobo

acadêmicxs

Trilhas do sexo

A pornografia e o corpo do pesquisador. Por Fernando Matos

coluna

ESCULACHO | “Esta não é a hora de fazer militância”

No afeto entre duas mulheres, como reagir em uma situação de vida e morte? Por Lucy Lima

coluna

O CÉRVIX DA QUESTÃO | A mulher e a imposição da beleza

Ao contrário do que diz Vinicius, a beleza não é fundamental. E não nos define. Por Clara Lobo

coluna

NO MEIO | 03: No canto

“Enquanto espero, eu canto. Se desespero, eu canto.” Por Luiz Pimentel

literatura

O lugar do nome

Um poema de Bruno G. Braga

coluna

FARÓIS ACESOS | Sobre papas, múmias e balalaika: cinquenta tons da falta de noção

Meus óvulos furiosos sobem para meus peitos e meu ímpeto é de sair atirando laser pelos mamilos. Por Neusa Sueli

resenha

Lou e Leo

Que nada nos defina, que nada nos limite. Por Márcio de Deus

coluna

TUTTOMONDO | O deus que devasta mas também cura

Itinerário do HIV no mês de julho. Por Marcos Visnadi